terça-feira, 2 de dezembro de 2014

A prova científica que o Cardio é aborrecido [BioMedCentral]

Devo ser dos poucos profissionais na área, se é que me posso chamar assim, que assume que o treino não faz parte das prioridades semanais, muito menos diárias...

Uma a duas horas por dia no ginásio? Não consigo... uma a duas horas por dia corridinha no calçadão? BORING!

Como não seja uma futebolada (aí sim, podiam ser horas seguidas), os meus poucos treinos semanais (3 no máx) têm que ser super produtivos: rápidos e eficazes. Isso tem um nome ---> HIRT

Nas minhas pesquisas dei com este artigo muito interessante... afinal o cardio "lentilongo" é mesmo, cientificamente, ABORRECIDO!!

Posso deixar de me considerar uma ave rara pois tenho a ciência do meu lado cof cof

   
Perceber as razões por detrás da participação em programas de exercício em obesos é crucial para uma prevenção eficaz das comorbilidades associadas.

Este estudo compara os efeitos de um treino de alta intensidade (HIFT) com o Cardio "lentilongo" (ART) na iniciação ao exercício, prazer, aderência e intenção de continuar no processo.

Sem surpresas, o grupo HIFT gasta menos tempo em exercício por semana que o grupo ART (p<,001) mas conseguiram manter o prazer e gozo de treinar, e têm mais probabilidade de se manterem no programa (p=,002).

Outra conclusão interessante tem a ver com o controlo do peso que deixo em aberto, na esperança que alguém acenda o rastilho...

HIFT - CrossFit Program (Certified Trainers)
ART - standard aerobic and resitance training (American Council on Exercise Certified Personal Trainer)



Não hibernem... INCINEREM!!!
EVIDENCE vs BULLSHIT

Sem comentários:

Publicar um comentário