terça-feira, 12 de novembro de 2013

Exercício e factores de risco cardiovascular [CALÇADÃO NÃO!]

Já muito temos falado sobre a desnecessidade do CARDIO, principalmente na redução do peso e FAT LOSS!!

Sempre vamos dizendo a quem nos procura se o objetivo é apenas a promoção de saúde, então o calçadão serve muito bem...

Já ousámos também evidenciar que, afinal, o Cardio não é o estímulo mais eficaz para as melhorias cardiovasculares (quase redundante dado a derivação do termo CARDIO)


Pois bem, vamos tornar ainda mais difícil a decisão de irem para o calçadão... Evidências fresquinhas..

Investigadores de uma universidade militar da Finlândia quiseram estudar a associação do tipo de treino com os factores de risco cardiovascular (colesterol, TA, triglicéridos, etc.)


Para grande surpresa, ou não, a redução dos factores de risco cardiovascular não era exclusivo da aptidão cardiovascular, nem tão-pouco era a que tinha maior peso na redução dos mesmos.

A metodologia FITsalvador assenta fundamentalmente no treino de resistência muscular de alta intensidade.

Assumimos como único propósito os benefícios estéticos da metodologia, inclusivamente até gostamos de usar alguns clichés como "não fazemos promoção de saúde", ou "não fazemos ginástica de manutenção"...

Se calhar temos que abandonar os clichés e lugares comuns...

Afinal podemos ter o melhor dos 2 mundos num único conceito: redução de riscos cardiovasculares e estética!

A performance cardiovascular, que durante décadas foi associada exclusivamente ao treino cardio "lentilongo", está fortemente correlacionada com a melhoria dos marcadores de saúde como a tensão arterial, diabetes, colesterol, etc...

Assim, nem para a promoção de saúde é necessário grandes complicações ou investimentos!

Na nossa cidade vemos o calçadão cheio de atletas caminhando, fazendo a sua corridinha ou bicicleta desperdiçando muitas vezes mais do que 1 hora por dia, durante a maioria dos dias da semana...

Resta dizer que se realmente for por prazer que o fazem (ir para o calçadão) então, por favor, não deixem de o fazer...

Se não... porque se insiste no erro?

EVIDENCE vs BULLSHIT

Associations of Maximal Strength and Muscular Endurance with Cardiovascular Risk Factors.

Sem comentários:

Publicar um comentário