quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Nutrição: Fome, Apetite ou vontade de comer...?

A dimensão psicológica deve, cada vez mais, ser parte integrante de um programa de redução de peso.
Juntamente com aquilo são os padrões fisiológicos que regulam o apetite, a dimensão afectiva para com os alimentos é uma variável a ter em conta nesta complexa equação.

Afinal, como saber se tenho ou não fome... se é ou não legítima... como ou não como...?
A nossa Nutricionista de serviço esclarece!

"Quantas vezes não dizemos que ao fazer controlo alimentar passamos fome? Quantas vezes, ao fim de semana, dizemos ou pensamos que temos fome, mas não sabemos de quê? Quantas vezes não estamos à mesa com amigos ou em família e se por acaso nos chamam a atenção de que estamos a comer de mais, respondemos que estamos cheios de fome… e no final da refeição ficamos “que nem uns padres”? As situações que aqui refiro, são todas diferentes e nem todas significam fome. Serve este artigo para conseguirem, por vocês próprios(as), identificar as diferentes situações com que se deparam em relação à comida e saber como actuar perante as mesmas.

A FOME, é uma reacção fisiológica através da qual o estômago avisa o cérebro para a necessidade de alimentação...e assim ocorrem contracções do estômago que se vão tornando cada vez mais fortes e prolongadas...no entanto esta reacção só aparece 8-12 horas após a última refeição.
A fome é um sinal de que as reservas de energia de seu organismo estão a chegar ao fim, e é melhor ” reabastecer” .

Assim, fome é a necessidade física de alimento; não é selectiva, ou seja, se estamos com fome até aquele alimento que não gostamos mesmo, o comemos; não saímos de casa para comprar comida; não telefonamos e esperamos que a comida nos chegue a casa; não importa o aspecto do alimento, ou seja, os olhos não comem primeiro que a boca… se o alimento está frio, quente, se é doce ou salgado, se tem um aspecto delicioso ou não, não se torna importante para a nossa escolha; não é publicitado, ou seja, não aparece nos intervalos de 20 minutos dos filmes e novelas da TV (não vemos publicidade aos alimentos que vêm na roda dos alimentos, pois não??); comemos o que “está à mão”; a fome dói!

O APETITE, é um desejo físico, instintivo de comer, que está relacionado com a fome. No entanto é estimulado por influências exteriores. A preocupação com o corpo.
O que torna tudo ainda mais complicado é o factor cultural, meio ambiente, factores psicológicos e comportamentais que interagem com os mecanismos fisiológicos básicos.
Na minha opinião é influenciado essencialmente pelo factor cultural… à mesa com os amigos e/ou família… sabemos que estamos satisfeitos, mas vamos tendo apetite enquanto os outros não acabam de comer… é inconsciente!!

 A VONTADE DE COMER, é um estado psicológico, afectado por influências psicológicas, como a visão, o odor a comida e ainda por emoções, hábitos, disposições e imaginação, não pela fome!!!
A simples vontade de comer surge quando estamos ansiosos demais, ou sem fazer nada, ou ainda por termos visto na padaria aqueles belos doces na prateleira. Normalmente esta vontade de comer está ligada com alimentos muito prazerosos que quase sempre estão proibidos na dieta, como doces. Não dizemos apetece-me alface, ou legumes!!

Assim, a vontade de comer é extremamente selectiva; deseja alimentos específicos (o específicos aqui significa calóricos); está ligada à frase que muitas vezes usamos..."Apetece-me comer alguma coisa...não sei bem o quê".

Resumindo: agora que sabem o que significa cada um dos nossos desejos em relação à comida, quando estiverem perante estas situações, pensem se realmente têm ou passam fome aquando do controlo alimentar!

Boas escolhas!!"

Para além do excelente serviço que a Ana presta na comunidade através da Equipa de Saúde Pública,  podem acompanhá-la na rubrica intitulada "Vida Saudável" que passa na Rádio Pax todas as quartas-feiras pelas 10h15

P.S.: O nosso veterinário de serviço quis reforçar a ideia da importância da carne de bovino na saúde humana. [CLIQUE]  Obg Filipe.

Sem comentários:

Publicar um comentário